Tuparendi

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

O município de Tuparendi, conhecido com a Fronteira da Amizade, pela sua localização geográfica, até pouco tempo, separado da Argentina apenas pelas águas do lendário Rio Uruguai, hoje, vê sua economia expandir-se do campo para a cidade.

Durante muitos anos o município de Tuparendi teve sua economia alicerçada na agricultura, os colonos agregaram conhecimento, tecnologia e sua produção atingiu a nacionalidade, especialmente através da indústria de Máquinas Agrícolas Fankhauser.

Hoje, os produtos coloniais cultivados na interior e as agroindústrias do vinho transformam o município em local de parada obrigatória para cada turista que visita a região.

Hábeis e talentosas mãos criam com arte, roupas e confecções, outras, tecem fios intermináveis que se juntam para coser mantos protetores do frio criando um novo pólo da moda na noroeste gaúcho.

A cultura tem um destaque especial, bem representada pela única fábrica de acordeões da América latina, a Minuano, como um ponto forte no turismo pela curiosidade de se saber de que forma se produzem tão belo instrumento musical que tanto nos encanta

Dentro deste contexto fortifica-se no local o turismo de negócio. A hospitalidade regional, inserida nas paisagens urbana ou rural, oferecem o aconchego, a segurança e o carinho própria da gente da Fronteira da Amizade, transformando seu passeio em autêntica receita natural contra o estresse.

Onde dormir: 

Hotel Chitolina: 55 9999-0295 ou 55 8131-1303.

Hotel Mirana (55) 3543.1267


Onde comer:

Restaurante Munhagão (55) 3543.1570

Lanches Restaurante e Pizzaria Zaluskão (55) 9945.7721 / (55) 9166.0868

Sorveteria Sorvetão (55) 3543.1881

O que fazer:  Curtir junto ao Balneário Amizade momentos de lazer com a família, conhecer

em Cinquentenário a gruta da Nossa Senhora de Lurdes, visita obrigatória para

aqueles que buscam um momento de reflexão. E na cultura o destaque é a

única fábrica de acordeões da América latina, a Minuano, como um ponto

forte no turismo pela curiosidade de se saber de que forma se produz tão belo

instrumento musical, que tanto nos encanta.

A Rota